Peso médio do frango no 3º trimestre foi similar ao de um ano atrás
CI
Agronegócio

Peso médio do frango no 3º trimestre foi similar ao de um ano atrás

A coincidência, no entanto, só ocorre no cômputo trimestral
Por:
Os dados divulgados pelo IBGE na semana passada, relativos ao abate animal no terceiro trimestre de 2011, possibilitam constatar que o peso médio do frango abatido em estabelecimentos sob inspeção federal, estadual ou municipal naquele período (2,170 kg por cabeça) foi similar ao registrado no mesmo trimestre de 2010. Isso, como já registrou o AviSite, é fato raro – e não só na avicultura, mas em toda a produção animal.


A coincidência, no entanto, só ocorre no cômputo trimestral. Pois, analisando-se os resultados mês a mês dos dois trimestres (gráfico inferior), observa-se que as diferenças mensais naturais se mantêm.

Independente, no entanto, da similaridade dos desempenhos nos dois trimestres, o que mais chama a atenção nos resultados obtidos é o fato de refletirem fielmente, mas de forma inversamente proporcional, o comportamento do mercado de frangos. Ou seja: quanto maior o peso do frango, menor o seu preço; e vice-versa.


Em 2010, por exemplo, o menor preço do terceiro trimestre foi registrado em julho, mês em que o frango abatido alcançou seu maior peso no ano. Dois meses depois, enquanto o peso do frango recuava a um dos menores níveis do ano, o preço registrado foi o segundo melhor de 2010 (perdeu apenas para o Natal).


Em 2011 tudo se repete, o pior preço do trimestre sendo registrado no mesmo mês em que o frango atinge seu maior peso (julho). Inversamente, em agosto o frango recua ao seu menor peso enquanto o preço atinge seu melhor nível. Irá, aliás, corresponder ao segundo melhor preço do ano, atrás apenas do registrado em dezembro corrente.


Obviamente, isso é resultado, apenas, da variação nas condições de oferta e procura. Mas, quase invariavelmente, é um comportamento muito mais relacionado à elevação da oferta (excesso de produção) do que à queda de consumo.




Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.