Pesquisa aponta baixa nos preços do café

EM 2020

Pesquisa aponta baixa nos preços do café

Os entrevistados esperam uma safra de 66,9 milhões de sacas de 60 kg, acima da estimativa mediana de 59 milhões
Por:
744 acessos

A Reuters realizou uma pesquisa sobre os preços do café, com 11 traders e analistas, segundo eles o suposto crescimento na produção brasileira deve fazer as cotações terminarem 2020 mais baixas, do que as finalizadas em 2019.

Os preços do arábica terminarão 2020 em 1,20 dólar por libra-peso, de acordo com a previsão mediana dos participantes da pesquisa, mas ainda 7% abaixo do fechamento do mercado no final de 2019.

Os preços caíram 19% até agora este mês, em parte devido ao aumento dos estoques da bolsa ICE e à perspectiva de uma safra recorde no Brasil neste ano.

Os entrevistados esperam uma safra de 66,9 milhões de sacas de 60 kg, acima da estimativa mediana de 59 milhões na temporada anterior. Espera-se que o balanço global da oferta e demanda atinja um superávit de 2,75 milhões de sacas na temporada 2020/2021, contra um déficit de 3 milhões na temporada anterior.

“Uma recuperação na produção global, após o clima quente no final de 2019, deve empurrar o mercado de café para um superávit em 2020/2021, o que aumentará os estoques e pesará nos preços”, disse Caroline Bain, economista-chefe da Capital Economics.

Os preços do arábica ficaram em torno dos níveis mais baixos de uma década durante grande parte do ano passado, enquanto lutavam para absorver a safra recorde de 2018/2019. Eles se recuperaram no final do ano para atingir máximas de dois anos, mas caíram acentuadamente em janeiro.

Os preços do café canéfora (robusta), usado para café instantâneo ou blends, devem terminar o ano em 1.425 dólares a tonelada, 7% acima do fechamento de terça-feira (28/01) e 3% mais altos em relação ao fechamento do mercado no final de 2019.

A produção no Vietnã, maior produtor de canéfora (robusta) do mundo, está prevista em 30 milhões de sacas em 2019/2020, perto da estimativa para a temporada 2018/2019 do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), de 30,4 milhões de sacas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink