Pesquisa aponta benefícios econômicos e sociais da equalização de juros no crédito rural

Agronegócio

Pesquisa aponta benefícios econômicos e sociais da equalização de juros no crédito rural

Por:
2 acessos

Pesquisa inédita desenvolvida pela Universidade de Viçosa mostra que o retorno dos gastos com equalização das taxas de juros do crédito rural na economia brasileira é maior que os custos dessas operações. O trabalho é do doutorando em Economia Aplicada, Eduardo Rodrigues de Castro, e do professor do Departamento de Economia Rural da Universidade de Viçosa, Erly Cardoso Teixeira, e mostra que, para cada real gasto com equalização, há um crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) equivalente a 1,75 vez o gasto com a equalização na agricultura familiar e 3,57 vezes o gasto com as operações na agricultura comercial.

Além disso, há um aumento na arrecadação de impostos, permitindo recuperar parcialmente os gastos governamentais com as operações.

Esse é o tema de um seminário que será promovido pela Secretaria de Política Agrícola, na terça-feira (01-02), às 14h, no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O evento pretende reunir técnicos do Ministério da Agricultura e funcionários do governo, principalmente, da área econômica.

Para apresentar o estudo à imprensa e discutir os efeitos da equalização de taxas de juros sobre a economia brasileira, o secretário de Política Agrícola, Ivan Wedekin, e os dois representantes da Universidade Federal de Viçosa, darão uma entrevista coletiva, na terça-feira, às 11 horas, na sala de reuniões da secretaria, no 5º andar do Ministério da Agricultura.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink