Pesquisa do Campus Araras da UFSCar será apresentada em congresso na Polônia

Agronegócio

Pesquisa do Campus Araras da UFSCar será apresentada em congresso na Polônia

Trabalho na área de Biotecnologia foi realizado pela professora Sandra Antonini e por alunas do Centro de Ciências Agrárias (CCA)
Por:
766 acessos

A docente Sandra Regina Cecatto Antonini, do Departamento de Tecnologia Agroindustrial e Socioeconomia Rural (DTAiSeR) do Campus Araras da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), apresentará estudo desenvolvido no Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Instituição durante o 17° Congresso Europeu de Biotecnologia que acontece entre 3 e 6 de julho na cidade de Cracóvia, na Polônia.

Sandra apresentará o trabalho "Impact of the co-ocurrence of Dekkera bruxellensis and Lactobacillus fermentum in ethanolic fermentation and how to control the contaminant growth", que trata do efeito das contaminações no processo de produção de etanol combustível e a utilização de agentes antimicrobianos para controlar o crescimento desses contaminantes. Segundo ela, os resultados obtidos são inéditos.

"Nós trabalhamos com dois contaminantes simultaneamente - uma bactéria, Lactobacillus fermentum, e uma levedura, Dekkera bruxellensis - e mostramos que a presença de um estimula o desenvolvimento do outro, o que traz um prejuízo muito maior para o rendimento da fermentação do que cada um isoladamente", explica. "Em seguida, testamos três agentes antimicrobianos - etanol, metabissulfito de potássio e própolis - para verificar o efeito sobre os contaminantes e sobre a levedura do processo", relata.

O trabalho foi realizado no Laboratório de Microbiologia Agrícola e Molecular (LAMAM) e tem características inovadoras, já que poucos trabalhos estudam a interação entre os microrganismos, limitando-se na maioria das vezes a estudar o efeito de cada contaminante separadamente. "As propostas de controle dos contaminantes podem servir de base para tratamentos a serem utilizados na indústria para controle da bactéria e da levedura contaminante", afirma a docente.

Outro ponto importante da pesquisa é a participação de ex-alunas do Centro de Ciências Agrárias (CCA) como co-autoras. Participaram a doutoranda Paula Guarnieri Bassi; a mestranda Anna Livia Paraluppi; as alunas do curso de Biotecnologia, Leticia N. Zucolloto Cocca, Caroline de Freitas e Amanda Ribeiro de Almeida; e a bolsista de treinamento técnico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), Bianca Carreiro Cerri. "Além da participação no evento ser um estímulo para a formação de futuros pesquisadores, será uma forma de apresentar ao meio científico o trabalho que estamos desenvolvendo há mais de dez anos na questão dos contaminantes da fermentação", conclui.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink