Pessoa física poderá armazenar grãos
CI
Agronegócio

Pessoa física poderá armazenar grãos

Todas as empresas de pessoas física e jurídica que atendam aos requisitos técnicos poderão operar
Por:

Até o final deste mês, deve ser possível credenciar armazéns de pessoas físicas para a estocagem de grãos. A projeção foi feita pelo diretor de gestão de estoques da Conab, Pedro Beskow, durante a 17ª Abertura da Colheita do Arroz, no município de São Gabriel (RS).

O Ministério da Agricultura (Mapa) acredita que, até o próximo mês, as certificadoras já espejam definidas para atestar as condições exigidas no Sistema Nacional de Certificação. Nesta terça-feira (13-03), o Grupo de Trabalho encaminha a proposta final de criação do Sistema. Com as novas regras, todas empresas de pessoas física e jurídica que atendam aos requisitos técnicos de boa armazenagem poderão operar com o governo federal. A consulta pública do Sistema Nacional de Certificação de Unidades Armazenadoras encerrou em fevereiro. Se o prazo for cumprido, o arroz negociado no leilão de contrato de opção na Abertura da Colheita já poderá ser armazenado em unidades pertencentes à pessoas físicas.

O setor produtivo ficou satisfeito já que há preocupação com a disponibilidade para estocagem da atual safra. A conformidade no armazenamento abrangerá as 14 mil unidades armazenadoras do Brasil.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink