Petrobras vê espaço para novas unidades de fertilizantes no país
CI
Agronegócio

Petrobras vê espaço para novas unidades de fertilizantes no país

Hoje o Brasil importa 66% da ureia que consome e 70% da amônia
Por:
A Petrobras considera que há mercado para a instalação de novas unidades para a produção de matérias-primas para fertilizantes.

Isso num cenário de crescente produção agrícola do Brasil e com o país importando cada vez mais insumos para a agricultura, disse nesta quarta-feira a presidente da estatal, Maria das Graças Foster.

"O consumo de amônia no mundo cresceu, e no Brasil, muito mais, o consumo de ureia também cresceu muito mais no Brasil... Hoje o Brasil importa 66 por cento da ureia que consome e 70 por cento da amônia, ou seja, há um grande mercado de amônia e ureia no Brasil", afirmou a jornalistas Graça Foster, como ela prefere ser chamada.


"Mesmo considerando a entrada da unidade de fertilizante 3 em dezembro 2014, há espaço para novas plantas de fertilizantes" acrescentou ela após evento no Rio, lembrando da unidade de Petrobras que está sendo implantada.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink