Piauí deve registrar safra de quase dois milhões de ton

Agronegócio

Piauí deve registrar safra de quase dois milhões de ton

Os dados animadores encontram uma perspectiva positiva, principalmente na produção de soja
Por:
1508 acessos

Os primeiros números da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estimam uma safra de cerca de 1.700 toneladas de grãos em 2010. Os dados animadores encontram uma perspectiva positiva, principalmente na produção de soja que deve ultrapassar a casa de um milhão de toneladas.

De acordo com o superintendente estadual da Conab, Alysson Silva, as expectativas também são maiores com a possibilidade de crescimento da produção de milho. “O milho teve um aumento da área plantada, e com a estiagem o preço do grão aumentou e a saca que era comercializada por R$ 14,00 hoje já chega a ser vendida por R$ 40,00”, explica.

Já a colheita do arroz, que possui uma produção destacada no Norte do Estado, em 2009 chegou a 113 mil toneladas, e este ano deve alcançar a casa de 190 mil toneladas. O feijão, que registrou em 2009 uma safra de 34 mil toneladas, pode chegar à casa de 50 mil toneladas. “O aumento nos números do feijão é explicado através do envolvimento destacado da agricultura familiar na produção das leguminosas”, destaca o superintendente da Conab.

O estoque da Conab possui atualmente cerca de cinco mil toneladas de grãos provenientes da safra 2009. A Companhia atende nesta época do ano os municípios de todo o Estado, dando uma atenção maior para a região semiárida. “Estamos atentos e realizando o atendimento social às famílias do Piauí. O estoque disponível é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome”, finalizou Alysson Silva, superintendente da Conab.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink