PIB do agronegócio paulista recua 5,73% em 2018

Agronegócio

PIB do agronegócio paulista recua 5,73% em 2018

PIB do agronegócio do estado de São Paulo recuou 5,73% em 2018, segundo dados do Cepea
Por:
83 acessos

O PIB do agronegócio do estado de São Paulo recuou 5,73% em 2018, segundo dados do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP. Pesquisadores do Cepea indicam que essa baixa esteve relacionada aos resultados negativos observados tanto no ramo agrícola quanto no pecuário, que registraram respectivas quedas de 5,68% e 5,97%.

Pela ótica dos segmentos, apenas o de insumos apresentou crescimento em 2018, de 7,7% – os demais apresentaram reduções: de 11% para o primário, de 5,6% para a agroindústria e de 6,3% para os agrosserviços. No caso de insumos, pesquisadores destacam que o segmento foi impulsionado sobretudo pelas atividades de fertilizantes, máquinas e equipamentos e de alimentação animal e sais minerais.

No caso da queda dos ramos, pesquisadores do Cepea indicam que as principais pressões sobre o desempenho da agricultura paulista decorreram das quedas para a cana-de-açúcar e a laranja, tanto em preços quanto em produção. Por outro lado, os maiores faturamentos para algodão, milho e soja atuaram em direção contrária, limitando a retração do PIB do segmento em 2018. No caso do ramo pecuário, a queda se deve aos preços baixos no segmento primário e na agroindústria, resultado sobretudo da demanda interna ainda enfraquecida em 2018. 

Em 2018, o ramo agrícola manteve-se predominante no estado de São Paulo, com participação de 82%, enquanto o pecuário foi responsável por 18%. No geral, o perfil do agronegócio paulista segue marcado pela forte presença dos elos industriais e de serviços e pelas atividades de base vegetal. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink