Pif Paf vai construir nova unidade de abate de aves
CI
Agronegócio

Pif Paf vai construir nova unidade de abate de aves

Por:

Depois de registrar um aumento de 40% em seu faturamento em 2003, a Pif Paf Alimentos prepara-se para crescer mais no ano que vem. A empresa mineira, que deve fechar 2003 com receita bruta de R$ 400 milhões, planeja iniciar, em meados de 2004, a construção de uma nova unidade industrial, onde serão abatidas 150 mil aves/dia.

Entre a construção da fábrica e a implantação de granjas por parte de produtores integrados, o investimento deve ficar entre R$ 150 milhões e R$ 170 milhões, de acordo com o diretor-superintendente da Pif Paf, Luiz Carlos Mendes Costa. Ele mantém em segredo o nome da cidade onde será instalada a unidade.

Segundo Costa, 30% da produção da nova fábrica será destinada à exportação. Além do abate, a unidade terá indústria de salsicha de frango. A expectativa é de que a operação comece em meados de 2006.

Os planos da Pif Paf para 2004 também incluem investimento de R$ 12 milhões numa fábrica de massas. Hoje a produção de pizzas da Pif Paf é terceirizada, mas a empresa terá uma unidade de produção própria numa cidade que está sendo escolhida no sul de Minas, informa o diretor-superintendente. Na fábrica de massas, serão produzidas pizzas, lasanhas e pão de queijo.

Todos os passos recentes da Pif Paf visam consolidar a posição da companhia mineira como uma empresa de alimentos, diz Costa. Em 2004, a Pif Paf começa a operar uma engarrafadora de água mineral, na cidade de Pitangui. "Surgiu uma oportunidade com essa mina que tem água de excelente qualidade", explica.

De acordo com Luiz Carlos Mendes Costa, o avanço da Pif Paf este ano se deveu à ampliação de sua operação de suínos em Patrocínio (MG), onde abate 1,8 mil animais diariamente. Houve investimentos em câmaras para congelamento, o que permitiu ampliar as vendas externas de carne suína. "As exportações passaram de R$ 11 milhões para R$ 17 milhões este ano", informa.

A Pif Paf também aumentou a industrialização de aves, vendendo produtos de maior valor agregado e reduzindo a venda de cortes de frango e ave inteira. A unidade de aves da empresa está localizada na cidade de Visconde de Rio Branco, onde são abatidos 165 mil frangos diariamente.

Este ano, as vendas totais da Pif Paf no mercado externo devem somar R$ 28,5 milhões contra R$ 17 milhões em 2002. A participação no faturamento ainda é pequena, e a empresa pretende elevar as vendas, apesar das recentes restrições como as cotas de importação da Rússia. "Queremos aumentar as exportações de carne suína. As cotas causam preocupação, mas buscaremos outras alternativas (de mercado)".

Costa diz que gostaria que a Pif Paf tivesse "maior participação lá fora", mas que "não abre mão do mercado interno". Para ele, outro motivo para o crescimento este ano é a competitividade e a qualidade dos produtos da empresa, que são vendidos nos Estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, sul da Bahia e áreas de São Paulo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink