Pilotos agrícolas recebem treino de boas práticas
CI
Imagem: Divulgação
APLICAÇÃO

Pilotos agrícolas recebem treino de boas práticas

O treinamento deve ocorrer em 30 microrregiões em todo o Rio Grande do Sul
Por: -Eliza Maliszewski

Pilotos agrícolas do Rio Grande do Sul estão recebendo treinamento de boas práticas na aplicação aérea. A iniciativa está na segunda etapa e mais seis empresas do setor e um operador privado recebem as instruções.

O treinamento Boas Práticas em Tecnologia de Aplicação Aérea, promovido pela empresa de agroquímicos Corteva Agriscience com apoio do Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) e entidades do setor produtivo gaúcho. O estado sofreu com a deriva de produtos como o 2,4-D, que impactou culturas sensíveis no entorno de lavouras de soja, como citros, olivais, parreirais e hortaliças. Desde então o Estado definiu regras de treinamento e cadastro de aplicadores e acentua a fiscalização.

Em cada local, as atividades duram cerca de oito horas, divididas em uma parte teórica e prática. As palestras abordam responsabilidade nas aplicações, desempenho operacional, pontas de pulverização e outros temas. Já a operação em campo tem voos de avião agrícola para Inspeção de Faixa de Deposição (IFD). Neste caso, com a avaliação do ajuste fino de equipamentos da aeronave, em uma aplicação simulada sobre instrumentos de medição em campo. Os voos também servem para demonstrar a eficiência e precisão das aplicações aéreas.

A primeira etapa dos treinamentos ocorreu entre 11 e 17 de maio em Rosário do Sul, Uruguaiana e São Borja,  abrangendo cinco empresas. Agora, de 1º de junho a 11, o roteiro começa por Alegrete, devendo percorrer seis cidades. Confira o roteiro:

Alegrete
dia 1º – Itagro Aviação Agrícola
dia 2 – Aero Agrícola do Alegrete

Pantano Grande
Dia 4 – Nitz Aviação Agrícola

Pelotas
Dia 7 – Lusa Aviação Agrícola

Arroio Grande
Dia 8 – Agro Total Aero Agrícola Ltda

Rio Grande
Dia 9 – Taim Aviação Agrícola

Santa Vitória do Palmar
Dia 11 – Granja Darci Zanetti

O treinamento deve ocorrer em 30 microrregiões em todo o território gaúcho. Em cada local, além de funcionários e dirigentes das aeroagrícolas, a programação é aberta também a produtores rurais e parceiros. Tudo presencial e seguindo todos os protocolos de segurança quanto à Covid-19 – no máximo 20 pessoas por encontro, respeitando distanciamento social e com uso de máscara e álcool em gel, entre outras medidas.
 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.