PL defende endurecimento da pena para roubo de defensivos agrícolas

Agronegócio

PL defende endurecimento da pena para roubo de defensivos agrícolas

Animais, maquinários e insumos agrícolas têm sido o alvo frequente das quadrilhas especializadas
Por:
1365 acessos

O aumento da criminalidade no meio rural e nas cidades do interior do Brasil tem provocado mudanças no comportamento de produtores e empresários. Animais, maquinários e insumos agrícolas têm sido o alvo frequente das quadrilhas especializadas. No caso dos agroquímicos, o interesse se multiplica pelo alto valor de mercado desses produtos, muitas vezes cotados em dólar.
 
Para falar sobre o PL 2079/2015, que tramita na Câmara dos Deputados, o Brasil Rural desta segunda-feira (31) entrevistou o deputado Jerônimo Goergen (PP/RS), autor da proposta, e o presidente da Associação dos Distribuidores de Insumos Agrícolas e Veterinários (ANDAV), Salvino Camarotti, que falaram sobre o andamento do projeto e a onda crescente de violência no país.
 
Pela proposta estão inclusos no rol dos crimes hediondos o roubo, furto, receptação e contrabando de agroquímicos. Atualmente no Brasil, o crime hediondo é valido para casos de estupro, homicídio, latrocínio e tráfico de drogas.
 
O Brasil Rural vai ao ar de segunda a sexta-feira, de 6h às 7h, sábado, às 7h, e domingo, às 6h, pela Rádio Nacional AM de Brasília. A apresentação é de Marcelo Ferreira.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink