Plantas guaxas são encontradas em 16 fazendas no norte de MT
CI
Agronegócio

Plantas guaxas são encontradas em 16 fazendas no norte de MT

O período de proibição do plantio da soja em Mato Grosso termina no dia 15
Por:

De acordo com dados da unidade Regional do Instituto Nacional de Defesa Agropecuária (Indea) de Sinop, em 16 propriedades rurais da região foram encontradas plantas guaxas, de um total de 250 fiscalizadas desde o início do Vazio Sanitário em 15 de junho, até ontem.

O período de proibição do plantio da soja em Mato Grosso termina no dia 15. Durante as fiscalizações realizadas nas propriedades que cultivam soja, nenhuma área de plantação foi encontrada e as plantas localizadas são aquelas que cresceram involuntariamente durante a entressafra, conhecidas como plantas guaxas.

Conforme o engenheiro agrônomo, Marcelo Pioli, em nenhum dos casos o proprietário rural foi multado, uma vez que fez a destruição das plantas no prazo de 48 horas após o recebimento da notificação. “Como o clima está muito seco, a destruição com produtos químicos não tem efeito. Então os agricultores tiveram que gradear as áreas para arrancar as plantas da terra. Depois de tiradas do solo, em um dia as plantas estão mortas e o fungo da ferrugem também, pois ele não sobrevive em plantas mortas”.

A unidade regional do Indea de Sinop (503 quilômetros ao norte de Cuiabá) atende os municípios de Cláudia, União do Sul, Feliz Natal, Vera e Santa Carmem. Foram localizadas plantas guaxas em áreas de Sinop, Vera e Santa Carmem.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.