Plantio de milho segue com atraso no Rio Grande do Sul

Agronegócio

Plantio de milho segue com atraso no Rio Grande do Sul

O plantio da nova safra de milho segue em atraso no Rio Grande do Sul se comparado à média dos períodos anteriores
Por:
305 acessos

O plantio da nova safra de milho segue em atraso no Rio Grande do Sul se comparado à média dos períodos anteriores. Com o tempo úmido e com a presença de constantes chuvas, os produtores pouco puderam evoluir com a semeadura, avançando apenas três pontos percentuais. Nessa semana se estima que a área já semeada alcance 48% ante os 45% verificados semana passada.

Devido à intensidade das recentes chuvas, algumas lavouras tiveram problemas com erosão e perda de nutrientes devido à forte lixiviação, o que poderá demandar adubações complementares em alguns casos. Em outros, o replantio se fará necessário. De maneira geral, entretanto, os 45% germinados apresenta desenvolvimento considerado normal, embora fosse necessário um maior número de horas com alta luminosidade para uma total recuperação das lavouras afetadas pelo excesso de chuvas. As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink