Plantio de soja no Paraná atinge 3% da área
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)

Imagem: Pixabay

RITMO LENTO

Plantio de soja no Paraná atinge 3% da área

Na temporada passada, o Paraná tinha semeado 10% da área até 30 de setembro
Por:
339 acessos

O plantio de soja no Paraná havia atingido 3% da área projetada até a segunda-feira, percentual que marca um início atrasado dos trabalhos da safra 2020/21 no segundo produtor brasileiro da oleaginosa devido a chuvas escassas, informou o Departamento de Economia Rural (Deral) nesta terça-feira.

Na temporada passada, o Paraná tinha semeado 10% da área até 30 de setembro.

A tendência é de que os trabalhos sigam em ritmo mais lento ao longo da próxima semana, já que o volume de chuva esperado é relativamente pequeno, segundo a avaliação do Deral com base em dados da meteorologia.

O Deral estima a safra do Paraná em 20,4 milhões de toneladas do grão, 1% a menos do que o registrado em 2019/20, devido a um possível recuo na produtividade.

“O pessoal já iniciou devagar o plantio. Na parte mais ao sul, tivemos chuvas no fim de semana. Na região de Campo Mourão, a chuva foi pouca, mas alguns produtores plantaram mesmo assim”, disse o economista do Deral, Marcelo Garrido.

O volume de chuva acumulado até o dia 5 de outubro deve seguir baixo no Estado, conforme dados do terminal Eikon, da Refinitiv.

Essa situação deve se repetir também em outros Estados do centro-sul, incluindo Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás. Os maiores volumes no período deverão se concentrar no Rio Grande do Sul. (here&hour=6&date=20200929)

Na véspera, a consultoria AgRural apontou um início atrasado do plantio no Brasil, maior produtor e exportador global de soja, com Estados como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais já plantando em algumas áreas.

Questionado sobre as projeções climáticas e se o plantio deve seguir lento até que chuvas voltem com mais regularidade, Garrido concordou.

“Com certeza, talvez avance um pouco mais nas regiões que choveu. Mas no restante será lento”, disse.

Já o plantio de milho primeira safra avançou para 40% da área, ante 34% na semana anterior e 57% em mesmo período de 2019.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink