Plataforma vai reunir dados de solo
CI
Imagem: Divulgação
TECNOLOGIA

Plataforma vai reunir dados de solo

Objetivo é fortalecer a produção agrícola e otimizar uso da terra
Por: -Eliza Maliszewski

O Ministério da Agricultura lançou nesta quinta-feira (3) uma plataforma que vai reunir as informações sobre todos os perfis de solo brasileiros. Trata-se da plataforma tecnológica do Programa Nacional de Levantamento e Interpretação de Solos no Brasil (PronaSolos).

O local reúne em um sistema de informações geográficas mapas e dados de solos produzidos pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) com foco em fortalecer ainda mais a atividade agrícola e o uso sustentável da terra.

A primeira versão desenvolvida exige alguma habilidade técnica para utilização, e por isso deverá ser, num primeiro momento, mais utilizada por técnicos, pesquisadores e tomadores de decisão. Ao longo do tempo, com o trabalho de simplificação de linguagem e ajustes na integração dos dados de diferentes bases, as informações serão mais acessíveis ao público em geral.

A plataforma disponibiliza diferentes mapeamentos de solos e outros temas básicos. Integrado a ela está o portal do conhecimento, que oferece as diversas interpretações feitas com base nos mapas de solos, com vários enfoques: agroecológico, aptidão agrícola, disponibilidade hídrica, suscetibilidade à erosão hídrica, dentre outros. É possível carregar na mesma imagem diferentes mapas de uma região. Também é possível, ao abrir um mapeamento, acionar uma série de planos de informação para aparecerem em conjunto, biomas, bacias hidrográficas, hidrovias e até rodovias.

As próximas etapas do trabalho também englobam a contínua alimentação da plataforma com dados de outras dezenas de instituições, além da adequação e integração de dados. Com a entrega da versão 1.0 a população terá acesso ao acervo de estudos de mapeamentos e de perfis de solos do Brasil e outros dados e informações relevantes levantados nas últimas oito décadas, reunidas em um único local. 

O PronaSolos deve mobilizar, nas próximas décadas, dezenas de instituições parceiras para investigar e interpretar os dados sobre os solos brasileiros. O objetivo é mapear solos de 1,3 milhão de quilômetros quadrados nos primeiros dez anos e 6,9 milhões de quilômetros quadrados até 2048. Para acessar a plataforma basta clicar aqui.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink