PMGCA começa a avaliar desempenho de nova variedade na safra 2010/11
CI
Agronegócio

PMGCA começa a avaliar desempenho de nova variedade na safra 2010/11

Variedade RB 710 apresenta resultado comercial excelente para indústria
Por: -Janice

O Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-Açúcar (PMGCA) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) vai começar a avaliar o desempenho da variedade RB 98710, liberada em março deste ano. A variedade que possui características excelentes para inicio de safra começa ser colhida este mês em boa parte das áreas de plantio distribuídas em quase todas as usinas.

De acordo com o pesquisador Antonio Rosário, a RB 710 teve uma aceitação das usinas principalmente porque possui resultado comercial excelente para indústria. “É uma das variedades que estamos apostando nessa safra. Ela possui raro florescimento, uma maturação precoce e a brotação da soca muito boa. E o melhor produz um caldo claro que faz açúcar de qualidade”, reafirmou.

O baixo índice de florescimento anima os gerentes agrícolas das unidades que investiram na distribuição das mudas para esta safra, já que florescimento representa perdas por reduzir bastante o teor de sacarose da cana-de-açúcar. Outra característica destacada pelo pesquisador é que a 710 também apresenta um aumento do volume de cana por metro linear.

A Cooperativa Pindorama, por exemplo, destinou nesta safra 500 hectares para o plantio da RB 710 com uma expectativa de colher 120 toneladas de cana por hectare. “Ficou comprovada a rentabilidade dessa variedade e na próxima safra vamos aumentar o plantio. Este ano 30% da nossa cana para inicio de safra já é a RB 710. O campo está aberto para receber variedades que tenham cada vez mais rendimento e com as RB temos encontrados rendimentos melhores”, avaliou técnico agrícola Adeilton Lourenço.

Já na usina Serra Grande, localizada no município de São José da Laje, a RB 710 é a aposta para safra 2011/2012. O gerente agrícola, Miguel Teixeira, afirmou que uma área de 300 hectares foi destinada à plantação da variedade e que a expectativa é promissora. “Ainda não temos essa variedade em escala comercial porque estamos avaliando seu desenvolvimento”, relatou.

As variedades de cana República Brasileira (RB) liberada pela RIDESA-UFAL, ocupam atualmente 60% de área cultivada da cana-de-açúcar em todo Brasil.

As informações são de assessoria de imprensa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink