Polêmica cerca investimento em álcool no Paraná
CI
Agronegócio

Polêmica cerca investimento em álcool no Paraná

Por:

As usinas sucroalcooleiras do Paraná anunciaram que podem investir cerca de US$ 15 milhões na construção de um terminal de exportação de álcool no Porto de Paranaguá (PR), onde elas já contam com um terminal próprio para açúcar, o Pasa - Paraná Operadora Portuária S/A.

"As negociações ainda estão no começo e dependem da autorização do governo do Estado", afirma José Adriano Dias, diretor-superintendente da Associação das Indústrias de Açúcar e Álcool do Paraná (Alcopar).

Para Dias, um terminal próprio para álcool é estratégico para as usinas do Estado, que estão investindo na exportação. No ano passado, as usinas paranaenses exportaram 100 milhões de litros de álcool. "Queremos dobrar o volume no médio prazo".

De acordo com a Alcopar, vão participar dos investimentos 22 das 27 usinas do Estado.

As notícias sobre o projeto, entretanto, foram recebidas com surpresa pelo superintendente dos portos de Paranaguá e Antonina, Eduardo Requião. Segundo ele, a Alcopar recusou, no ano passado, uma proposta da direção do porto para participar da construção de um terminal de granéis líquidos em parceria com o governo estadual. "Abriremos um processo de licitação para a construção do terminal público e não definimos a participação da iniciativa privada".

Segundo Dias, da Alcopar, as usinas decidiram retomar o projeto de investimentos do terminal no porto de Paranaguá. Requião afirma que, até o momento, não foi comunicado. Atualmente, as usinas utilizam o terminal de terceiros.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink