Ponto de partida para boas práticas

Agronegócio

Ponto de partida para boas práticas

Por:
434 acessos

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) vai desenvolver em Mato Grosso, o programa Boas Práticas Agropecuárias (BPA) que integra lavoura e pecuária. Um protocolo de intenções foi assinado com a Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) ontem, no Palácio Paiaguás.

O BPA visa fortalecer o setor produtivo com a conscientização dos produtores, capacitação de instrutores e multiplicadores, implantação do protocolo BPA nas propriedades e a inclusão do laudo desse procedimento que vai apontar se a propriedade cumpriu ou não o acordo. O Centro Nacional de Pesquisa de Gado de Corte da Embrapa, coordenador do programa, oferece ao produtor/pecuarista o conhecimento técnico e científico.

“Podemos crescer sem a necessidade do desmatamento, sendo cada vez mais eficientes e transparentes em nossa atividade”, salientou o governador Blairo Maggi, ao lembrar que governo de Mato Grosso tem uma consciência de desmate zero, sem esquecer que o Estado precisa continuar produzindo alimento.

“A intenção da Acrimat é trabalhar com uma propriedade de cada região polo de Mato Grosso, ou seja, Centro Sul, Médio Norte, Noroeste, Nordeste, Norte, Oeste, Sudeste e Arinos”, disse o superintendente da Acrimat, Luciano Vacari.

A princípio o Programa será desenvolvido em Juara (709 Km a ao norte de Cuiabá). Conforme o prefeito da cidade, José Alcir Paulino, para dar condições das propriedades se regularizarem de forma “ambiental e fundiária” e assim, atuar em vários segmentos, principalmente a pecuária que é uma atividade econômica muito forte no município, além de criar também condições de sustentabilidade.

Juara tem em seu potencial cerca de 80% de cobertura de floresta amazônica, por isso entra como município piloto nesta parceria que será estendida a outros municípios mato-grossenses.

O BPA é uma ferramenta de gestão e conta com 12 pontos de controle: gerenciamento, função social do imóvel, responsabilidade social, gestão ambiental, instalação rural, bem estar animal, manejo pré-abate, formação e manejo de pastagem, suplementação alimentar, identificação animal, controle sanitário e manejo reprodutivo.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink