Por que o preço do tomate está elevado nos mercados?
CI
Imagem: Sheila Flores
MENOR OFERTA

Por que o preço do tomate está elevado nos mercados?

Volume de tomate no atacado cai 6%
Por: -Aline Merladete

O Boletim Prohort da Conab indique que a venda de tomate realizada nos nove centros atacadistas analisados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) teve redução média de 6% em outubro, o que indica menor oferta de produto aos mercados. Se a comparação for feita com o volume de outubro de 2019, a queda é ainda maior, chegando a 17%. 

De acordo com os dados divulgados pela Conab, a menor oferta de tomate levou a aumento dos preços. No segmento atacadista, a maior alta registrada foi na central do Rio de Janeiro, com 114%, seguida de Goiânia, com 52%, de Vitória e de São Paulo, com 51% e 40%, respectivamente.

O forte calor nas regiões produtoras em setembro continuou trazendo impactos na oferta em outubro, influenciando no encarecimento do produto.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink