Agronegócio

Porto de Santarém tem 2º maior embarque do milho do MT

Por: -Weverton Correa
2118 acessos
Na tentativa de escapar do estrangulamento dos portos de Santos e Paranaguá, o porto de Santarém aparece na segunda posição de opções dos produtores mato-grossenses para o escoamento de milho. Ele respondeu por 14,7% dos embarques do Estado no último mês, correspondendo a 280,3 mil toneladas. O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) informou em boletim, esta tarde, que isso acabou impactando também no custo de envio com frete, uma vez que o despacho do milho de Sorriso a Santarém está atualmente em média R$ 240,00/t, 14,3% menor que o envio do mesmo município até santos, com média de R$ 280,00/t.


De acordo com o Imea, após a conclusão da BR-163, que ligará Cuiabá a Santarém, “projeta-se um volume muito maior a ser escoado pelo porto de Santarém, trazendo benefícios não só para o bolso do produtor. Considerando que hoje um dos fatores que reduzem os volumes de exportações não só de Mato Grosso, mas do Brasil como um todo, é a logística com o transporte das commodities, com uma infraestrutura melhor para o escoamento do grão, as exportações tendem a crescer”.


Conforme o instituto, “com uma produção recorde de 21,9 milhões de toneladas para a safra 2012/2013 em Mato Grosso, e sendo o principal destino as exportações, seria evidente o agravamento dos principais gargalos estruturais. No último relatório da Secex, das 1,9 milhão de toneladas exportadas pelo Estado em agosto, 66,6% foram embarcadas pelo porto de Santos, seguindo como principal porta de saída do milho mato-grossense”.


Mercado- Segundo o Imea, “os preços do milho no mercado interno mato-grossense apresentaram leve queda na última semana, encerrando com média de R$ 10,39/sc, 3,7% inferior à semana anterior. Em Sorriso a média semanal foi de R$ 8,01/sc, 52,3% menor do que o custo do transporte deste produto até o Porto de Santos”.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink