Porto de Santos: movimentação de janeiro supera marca de 9 milhões

Porto

Porto de Santos: movimentação de janeiro supera marca de 9 milhões

Volume é 2 superior ao verificado em 2018
Por:
349 acessos

A movimentação de cargas pelo Porto de Santos no mês de janeiro registrou crescimento de 0,6%, alcançando pouco mais de 9 milhões de toneladas operadas, com crescimento de 0,6% no fluxo de embarques e de 0,7% nas descargas. Com o fechamento dos números mensais, projeta-se um total geral de 136,36 toneladas para este ano, 2,0% maior que o verificado em 2018.

O crescimento foi fortemente influenciado pelo aumento de 56% na carga de maior representatividade quanto à tonelagem, o complexo soja, que é composto pela soja em grãos e pelo farelo de soja (granel ou conteinerizado), chegando a 1,15 milhões de toneladas, o equivalente a quase 13% do movimento geral e a cerca de 20% das cargas embarcadas.

Outra mercadoria de significativa participação no movimento de janeiro foi o adubo, que alcançou 450 mil toneladas descarregadas (28,9%). Vale destacar ainda o significativo crescimento nas exportações de carne (143,8% – 105 mil toneladas) e nas descargas de sal (355,2% – 84 mil toneladas).

Quanto à movimentação de contêineres, verificou-se considerável redução: de 12,2% no total de TEU (twenty equivalent unit) e de 12,6% da tonelagem. Mesmo com a redução em relação ao ano passado, a marca é a segunda maior para o mês: 291.295 TEU. Em janeiro de 2018, o registro foi de 331.748 TEU.

O fluxo de navios registrou o total de 389 atracações, apontando queda de 2,8%, o que representou um aumento da consignação média de 2,01%, uma vez que se movimentou maior tonelagem em uma quantidade menor de embarcações.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink