Porto de Santos fecha novembro com recorde histórico de cargas movimentas
CI
Imagem: Divulgação
SANTOS

Porto de Santos fecha novembro com recorde histórico de cargas movimentas

No acumulado do ano, operação chega a quase 135 mi/t
Por:

O Porto de Santos fechou o mês de novembro com seus melhores resultados históricos na movimentação de cargas. O acumulado do ano registrou 134,6 milhões de toneladas, alta de 0,45% sobre o realizado em todo o exercício de 2019 – que já fora recorde. O bom resultado foi puxado sobretudo pelos embarques, que cresceram 12,9% no período, para 98,7 milhões de toneladas.

“O Porto de Santos registra novo recorde e o mês de novembro evidenciou a recuperação na movimentação de contêineres, que foi o setor mais atingido pela pandemia. Até o final do ano, esperamos um pequeno crescimento de contêineres em 2020 frente a 2019”, destacou o diretor-presidente da Santos Port Authority (SPA), Fernando Biral.

Dentre as commodities agrícolas, o principal destaque ficou por conta do açúcar, que registrou aumento de 106% em novembro, em comparação com mesmo período de 2019. No ano passado, pouco mais de um milhão de toneladas de açúcar havia sido embarcado no terminal de Santos contra 2,1 mi de toneladas em novembro deste ano.

Além do recorde no total de cargas, os 11 primeiros meses de 2020 também bateram marcas históricas de determinadas cargas para o período. Os granéis sólidos tiveram alta de 14,9% na base anual, para 70,5 milhões de toneladas, por exemplo. Já os contêineres, cujas cargas transportadas possuem maior valor agregado, tiveram leve recuo de 0,3%, para 3,8 milhões TEU (unidade padrão de um contêiner de 20 pés).

No movimento geral de cargas, foram 12,0 milhões de toneladas, alta de 9,5% sobre a base anual. Tanto os embarques como os desembarques cresceram: 9,3% e 9,8%, respectivamente, para 8,4 milhões e 3,7 milhões de toneladas.

Na corrente de comércio exterior, houve estabilidade na participação do Porto de Santos, que respondeu por 28,4% do total do Brasil. O número de atracações no ano já chega a quase 4,5 mil navios, um ligeiro aumento de 1,4% em relação ao mesmo período de 2019.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink