Porto do Itajaí responde por 83,48% das exportações catarinenses

Agronegócio

Porto do Itajaí responde por 83,48% das exportações catarinenses

Complexo ainda tem participação de 58,36% das importações
Por:
345 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

O Complexo Portuário do Itajaí acumula crescimento de 1% na movimentação de cargas no primeiro semestre de 2014, em comparação com igual período do ano anterior. Foram operados 524,18 mil Teus entre janeiro e junho, ante 517,88 mil Teus em igual período de 2013.

Se analisados os últimos 12 meses, de julho de 2013 a junho deste ano, vê-se que os terminais que compõem o porto movimentaram 1,11 milhão de Teus, com avanço de 6% em relação ao período compreendido entre julho de 2012 e junho de 2013. As exportações respondem pela maior fatia das operações, de 52%, enquanto as importações somam 48%.

Em relação as exportações catarinenses, a alta foi de 6,47 % em junho. Os embarques pelos portos do estado no primeiro semestre elevaram para US$ 4,541 bilhões, valor 2,66% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. Os desembarques também estão em alta, acumulando US$ 7,740 bilhões, 13% a mais que nos seis primeiros meses de 2013.

Do montante exportado por Santa Catarina, de US$ 4,541 bilhões, a fatia de US$ 3,791 bilhões, ou 83,48%, foi embarcada em Itajaí. Das importações do estado neste semestre, o complexo responde por 58,36%.

Segundo estudo da Fiesc (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina), a alta nas exportações em 2014 tem forte participação da China. Das compras chinesas, 78,1% são de soja, o frango ainda lidera a lista, com US$ 1,018 bilhão, mas mostra recuo de 7,29%. A carne suína acumula alta de 41,4% e está na terceira posição, com US$ 293,1 milhões. Com relação às importações, o destaque fica para os automóveis, cujas importações passaram de US$ 8,1 milhões, no começo do ano passado, para US$ 202,4 milhões até junho.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink