Portos paranaenses registram aumento de 6% nas movimentações até julho

Agronegócio

Portos paranaenses registram aumento de 6% nas movimentações até julho

Fechamento foi divulgado nesta segunda-feira (11.08)
Por:
974 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
 

As exportações e importações, este ano, estão maiores nos três segmentos – carga geral, granéis líquidos e sólidos – segundo fechamento divulgado nesta segunda-feira (11.08)
 
Este ano, de janeiro a julho, os Portos do Paraná já movimentaram quase 28 milhões de toneladas. De acordo com o fechamento, divulgado hoje (11.08), esse volume representa um aumento de 6% em relação ao mesmo período, no ano passado. O segmento de carga geral foi o que registrou maior percentual de acréscimo. Com quase 5,3 milhões de toneladas, o total movimentado em 2014 é 10% maior que o volume registrado em 2013 neste segmento.
 
Entre outras, as cargas denominadas gerais são produtos movimentados em contêineres ou outras embalagens (sacos, pallets, fardos, em blocos, etc.), os carros, maquinários, peças, projetos, chapas de madeira, ferro ou aço. Em relação aos contêineres, em unidades (TEUs), este ano, já foram movimentados 427.723, 2% a mais que no ano passado. De exportação, foram 211.061 unidades, 5% a mais que o exportado em 2013.
 
Nos últimos setes meses, de granéis sólidos, foram mais de 19,7 milhões de toneladas movimentadas – 5% a mais que o volume registrado no ano passado. Entre os produtos que se destacam, no segmento, na exportação estão a soja – quase 6,8 milhões de toneladas, 27% a mais que o exportado em 2013 – e o farelo – mais de 3,4 milhões de toneladas, o que representa aumento de 12 %; e, na importação, o trigo (que registrou aumento de 54%, com 153,6 mil toneladas) e os fertilizantes, mais de 5,8 milhões de toneladas, 5% a mais que o registrado no período do ano passado.
 
Corredor – Assim como aumentou o volume dos grãos, aumentou também a quantidade de caminhões de chegaram para descarregar milho, soja e farelo, no Corredor de Exportação do Porto de Paranaguá. De janeiro a julho, este ano, foram cerca de 249 mil – quase 10% a mais que o registrado no ano passado -, sem a formação de fila.
 
Pelo complexo, foram movimentados nos sete primeiros meses, este ano, mais de 9,7 milhões de toneladas de grãos – quase 2% a mais que o volume registrado em 2013.
 
Granéis líquidos – De granéis líquidos, tanto de importação quanto de exportação, foram quase 2,6 milhões de toneladas movimentadas no período, 5% a mais que o volume de 2013. Nesse segmento, os principais produtos são o óleo vegetal e os derivados de petróleo.
 
Antonina – O principal produto movimentado pelo Porto de Antonina é o fertilizante. Nos primeiros sete meses deste ano, foram mais de 1,1 milhão de toneladas importadas pelo terminal. O volume é 18% maior que o registrado no ano passado.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink