Portuários de Santos não aderem à greve de 24 horas da categoria
CI
Agronegócio

Portuários de Santos não aderem à greve de 24 horas da categoria

A campanha salarial da categoria, que tem data-base em junho, está sub judice
Por:
São Paulo- No lugar da greve de 24 horas programada para hoje pelas lideranças nacionais dos portuários, os trabalhadores do Porto de Santos, o maior da América Latina, decidiram promover um ato público em frente à sede da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp). O presidente do Sindicato dos Empregados na Administração Portuária (Sindaport) , Everandy Cirino dos Santos, disse que, sem a garantia de adesão dos trabalhadores dos demais portos estatais, não teria sentido parar as atividades.


Ele informou que, durante o ato público, que teve a participação de cerca de 400 manifestantes, o presidente da Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo), José Roberto Correa Serra, deixou a empresa “de forma corajosa” para conversar com os trabalhadores e assumiu o compromisso de ser um interlocutor com o governo federal para tentar negociar as revindicações da categoria. Entre os pleitos está o aporte de R$ 150 milhões ao Portus, o fundo de previdência dos portuários.


Segundo líder sindical, a dívida federal com o fundo soma cerca de R$ 4 bilhões. Ele informou que 70% da composição do fundo de pensão estão concentrados na base de trabalhadores do Porto de Santos, num total de 10,8 mil empregados, dos quais 6,8 mil são aposentados. A campanha salarial da categoria, que tem data-base em junho, está sub judice.


De acordo com a assessoria da Codesp, o presidente da companhia garantiu que nenhum trabalhador será prejudicado por causa da paralisação.

Edição: Vinicius Doria

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.