Posicionamento das UFs exportadoras entre janeiro e agosto de 2012
CI
Agronegócio

Posicionamento das UFs exportadoras entre janeiro e agosto de 2012

Liderança na receita cambial permanece com Santa Catarina
Por:
Computados os resultados dos oito primeiros meses de 2012 (ou 75% do corrente exercício), a posição das unidades federativas exportadoras de carne de frango permanece inalterada em relação a meses anteriores.

Em outras palavras, a liderança na receita cambial permanece com Santa Catarina, enquanto o Paraná continua à frente em termos de volume embarcado. Mas continuam sendo pequenas as diferenças entre essas duas UFs que, juntas, respondem por pouco mais de 55% da receita cambial e do volume de carne de frango negociado internacionalmente pelo Brasil. O que quer dizer, também, que cerca de 45% da receita e do volume restantes estão distribuídos entre onze Unidades Federativas.


A registrar que, nesses oito meses, apenas duas UFs vêm apresentando resultado positivo tanto no volume quanto na receita cambial – Paraná (com aumento de perto de 12% no volume, mas de apenas 1,5% na receita) e Distrito Federal, cujos índices de expansão fogem ao padrão médio das exportações neste ano, já que o volume exportado aumentou quase 84%, enquanto a receita cambial apresenta expansão próxima de 80%.


A realidade, porém, é que esses altos índices de incremento se devem ao reposicionamento da empresa exportadora atuante no local. Ou seja: produto da mesma empresa que vinha saindo de outra(s) UF(s) agora sai do Distrito Federal.




Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink