Praga ameaça produção de bananas em SC

Agronegócio

Praga ameaça produção de bananas em SC

Durante o mês de junho, Santa Catarina realizou um trabalho minuncioso nos bananais do Estado
Por:
64 acessos

Apesar de Santa Catarina ter cumprindo o prazo estipulado pelo governo argentino para provar a ausência da praga Bradinotrips musea, conhecida como a ferrugem da bananeira, a situação da exportação da banana ainda está indefinida. Agora é a vez do governo paulista entregar, até o dia 20, um levantamento feito no Vale da Ribeira (SP), local onde foi identificado a ferrugem da bananeira pela primeira vez, na década de 80. A informação é da engenheira agrônoma da Secretaria de Agricultura do Estado, Eliana Lentz Martins Cantu. O relatório ficará a cargo da superintendência de São Paulo sob a supervisão do Ministério da Agricultura.

Nesse período, o Ministério da Agricultura define em reunião com o Senasa, o Servicio Nacional de Sanidad y Calidad Agroalimentaria, a exportação da banana brasileira. Durante o mês de junho, Santa Catarina realizou um trabalho minuncioso nos bananais do Estado. O levantamento contou com o trabalho da entomologista de São Paulo, Renata Monteiro Consoli, professora da Escola Superior de Agricultura de Piracicaba (SP).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink