Prazo para comunicar a vacinação contra aftosa vai até dia seis no RS
CI
Agronegócio

Prazo para comunicar a vacinação contra aftosa vai até dia seis no RS

Meta do estado é imunizar 13,8 milhões de bovinos e bubalinos
Por:
Os produtores rurais que vacinaram o rebanho contra a febre aftosa no mês de maio têm até o dia seis de junho para comunicar o procedimento nas unidades locais de defesa agropecuária.
 
Tanto a vacinação quando a comprovação são etapas obrigatórias que, caso não cumpridas, podem resultar na  autuação do produtor. "O produtor permanece inadimplente no sistema, ficando impedido de ações como a emissão de Guias de Trânsito Animal", alerta o coordenador do Programa de Combate à Febre Aftosa no RS, Fernando Groff.
 
A primeira etapa da Campanha de Vacinação contra a febre aftosa de 2014 ocorreu ao longo do mês de maio. O objetivo é imunizar o maior percentual dos 13,8 milhões de bovinos e bubalinos do estado.
 
Sorologia
 
Durante esta etapa foi realizada a sorologia para comprovar a eficiência da vacinação contra a febre aftosa. As amostras foram coletadas em 89 propriedades e em quase 400 animais ao longo do mês de maio. O material será enviado nas próximas semanas para o Laboratório Nacional de Agropecuário de Pedro Leopoldo, em Minas Gerais. Ainda não há previsão da liberação dos resultados.
 
Conforme Fernando Groff, o objetivo da sorologia é conferir a eficiência das estratégias de vacinação e se o procedimento da vacinação está gerando a imunização esperada no rebanho.
 

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink