Prazo para registrar granjas avícolas em MG termina dia 29
CI
Agronegócio

Prazo para registrar granjas avícolas em MG termina dia 29

Produtores devem apresentar documentação ao IMA para obtenção do registro
Por:
Produtores devem apresentar ao IMA a documentação necessária para obtenção do registro
O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) alerta os avicultores de Minas Gerais que o prazo limite para a entrega da documentação necessária para o Registro das Granjas Avícolas Comerciais termina em 29 de fevereiro. Os produtores devem apresentar ao IMA a documentação necessária para obtenção do registro. A ação tem como objetivo adequá-los às normas que tratam dos procedimentos para registro, fiscalização e controle desses estabelecimentos no Estado.

A entrega da documentação exigida deve ser feita nos escritórios do instituto que atendem ao município onde a granja esteja localizada. Atualmente, 2.649 granjas avícolas comerciais são cadastradas no IMA, sendo que 1.971 já entregaram a documentação para registro.

Para o diretor-geral do IMA, Altino Rodrigues Neto, o cadastro das granjas é importante para se obter informações precisas desses estabelecimentos, como a localização e número de aves comerciais existentes. “Isso facilita o trabalho de defesa sanitária agropecuária em todo o Estado, tornando-o mais eficaz, seguro e produtivo. Além de atestar a procedência das aves aos compradores e consumidores finais”, completa.

Durante o ano, serão realizadas vistorias nos estabelecimentos que estão no processo para obtenção do registro, para verificar o cumprimento das exigências previstas na Instrução Normativa Nº 56/2007/Mapa e suas alterações estipuladas na Instrução Normativa N° 59/2009/Mapa.

Após realização das fiscalizações e tendo sido atendidos os requisitos exigidos, será emitido o Certificado de Registro de Estabelecimento Comercial Avícola. Sem o registro, o avicultor fica impedido de comprar pintinhos, vender a sua produção, emitir Guia de Transito Animal (GTA) e, também, impedido de transportar as aves.

O registro é uma exigência do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para as granjas avícolas comerciais dos estados participantes do Programa Nacional de Sanidade Avícola (PNSA).

A atuação do IMA dentro do programa se dá na execução das atividades de cadastro, registro e vistoria de granjas, fiscalização do trânsito intermunicipal e interestadual, fiscalização da participação de aves em eventos pecuários, além do atendimento à suspeitas de doenças de notificação obrigatória, cadastro de estabelecimentos que comercializam aves vivas e cadastro de zoológicos e outras explorações avícolas.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.