Precaução ajuda expandir mercado
CI
Agronegócio

Precaução ajuda expandir mercado

Produtos usados no tratamento das sementes não aumentam diretamente a produtividade agrícola
Por:

Os produtos usados no tratamento das sementes não aumentam diretamente a produtividade agrícola. Criam condições que favorecem a expressão das características genéticas das plantas. A explicação é do pesquisador João Carlos Nunes, da Syngenta. Ele relata que o fato de o tratamento não garantir aumento de produtividade é uma barreira para a disseminação da prática. A missão dos técnicos, nesse caso, é convencer os produtores de que o investimento evita perdas e pode reduzir custos no combate a pragas e doenças que possam aparecer durante o desenvolvimento da lavoura.

“O tratamento é uma espécie de seguro que evita perda no potencial de produtividade”, afirma Nunes. Em sua avaliação, a adesão cada vez maior dos produtores deve-se não só à precaução, mas também ao desenvolvimento de novos defensivos e inclusive de máquinas para misturar esses produtos e as sementes. A indústria oferece misturadoras para instalação em fazendas e cooperativas que tratam até 10 toneladas de sementes por hora. O desempenho dessas máquinas é testado pelas próprias fábricas de defensivos, em pesquisas que tentam evitar, por exemplo, problemas na regulagem das plantadeiras e, consequentemente, o plantio desuniforme.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.