Preço da carne não sobe em Mato Grosso do Sul mesmo com a seca
CI
Agronegócio

Preço da carne não sobe em Mato Grosso do Sul mesmo com a seca

Por:

Somente em outubro a queda no índice de chuvas em Mato Grosso do Sul, durante o verão, vai se refletir no preço da carne consumida no Estado. O quilo do produto deve ter acréscimo de 15%. Quem paga hoje R$ 7,75 por um quilo de alcatra, vai gastar R$ 8,91 daqui a seis meses, conforme expectativa de analistas do setor.

Por enquanto, quem está sentindo os reflexos da estiagem é somente o pecuarista sul-matogrossense. Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia, nos três primeiros meses deste ano choveu 63,5% menos no município de Campo Grande, que a média histórica. E o resultado da estiagem antecipada pode ser visto nas pastagens secas. Como reflexo, os pecuaristas não conseguem engordar o gado, e gastam mais com suplementação.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink