Preço da soja cai ao menor valor em 3 meses
CI
ANÁLISE AGROLINK

Preço da soja cai ao menor valor em 3 meses

Pressionados por notícias de chuvas na Argentina e no Brasil
Por: -Leonardo Gottems

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou nesta quarta-feira (20.12) baixa de 2,00 centavos de Dólar no contrato de Janeiro/18 (o mais negociado no momento), fechando em US$ 9,54 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 1,75 e 2,25 pontos.

O mercado norte-americano da soja amargou mais um dia de perdas nos principais contratos dos futuros, atingindo o menor valor dos últimos três meses. De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, as cotações foram pressionadas por notícias de chuvas na Argentina e no Brasil, bem como pela redução para 1% do teor de “matérias estranhas” permitida nos embarques de soja dos EUA.

A Consultoria AgResource aponta que foi mais uma sessão de pouco volume especulativo em Chicago, e a soja chegou a ser operada em ambos os lados da alta e da baixa: “Um movimento de compras mais ativas foi notado no farelo de soja devido à necessidade de cobertura de matéria prima para os usuários finais. Além do mais, fundos de investimento que detêm um alto volume de posições vendidas no milho e no trigo começam a contabilizar os lucros e reverter as posições abertas. 

Gestores de grandes fundos ouvidos pela ARC alertam que a tendência de fechar as posições deverá se expandir com a Reforma Tributária nos Estados Unidos, que foi aprovada nesta quarta-feira (20.12): As novas medidas deixam várias incertezas sobre os eventuais impactos na economia norte-americana e nos níveis de crescimento de mercados emergentes. 

“No Brasil, o plantio da soja já entra nos estágios finais para os remanescentes estados com área ainda para semear. É estimado que 99,1% de toda a região sojicultora brasileira já foi semeada até esta semana. Apenas com pequenas porções para serem concluídas no Rio Grande do Sul e na região do MATOPIBA”, conclui a AgResource.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.