ANÁLISE AGROLINK

Preço da soja cai no Brasil

Movimento foi reflexo das perdas registradas nos preços da CBOT
Por: -Leonardo Gottems
421 acessos

As cotações da soja tiveram desvalorizações no mercado físico brasileiro, em um movimento que foi reflexo das perdas registradas nos preços praticados na Bolsa de Chicago (CBOT). Por exemplo, no interior do País, a saca de soja (60 quilos) foi vendida a R$ 54,00 em Sorriso (Mato Grosso). A cotação siginificou uma desvalorização de 0,92% sobre os R$ 54,50 oferecidos na última avaliação.

Já no Porto de Paranaguá (Paraná), a saca de 60 quilos da oleaginosa atingiu o valor de R$ 71,50, o que representou uma baixa de 0,4% em relação à cotação anterior (R$ 71,53). Todos os preços são FOB (Free On Board – contrato de exportação com custos de transporte interno incluso até o carregamento do navio).

FUNDAMENTOS

“No Brasil, as projeções climáticas continuam trazendo a formação e chegada de duas rodadas de chuvas expressivas no fim de outubro, para o Centro do país. As regiões de Goiás, leste do Mato Grosso, Minas Gerais e Nordeste do país, que sofrem com a estiagem, deverão observar chuvas de 15-25 mm entre 22 e 27 de outubro, bem como uma outra rodada de precipitações com índices pluviométricos de 20-30 mm nos últimos dias do mês”, afirma a Consultoria AgResource.

De acordo com os mapas climáticos usados pelos analistas, a região Sul continuará observando totais bem expressivos nos próximos 15 dias, com pancadas de chuvas chegando a 100mm nestes próximos 5 dias, principalmente sobre o oeste do Paraná e Santa Catarina: “Problemas com atrasos de plantio e dificuldades de germinação devido ao excesso hídrico já são presentes em algumas áreas do Sul, entretanto nenhuma preocupação generalizada, até o momento”.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink