Agronegócio

Preço da soja pode superar recorde histórico

A demanda está crescendo rápido demais para permitir que a produção a acompanhe
Por: -Viviane Monteiro
7 acessos

Tudo indica que os preços da soja estejam se encaminhando para registrar seu maior salto das últimas três décadas, num momento em que os produtores americanos aumentam sua área plantada com milho. "Foi-se o tempo em que os preços da soja caiam para níveis abaixo dos US$ 6 (o bushel) pela soja", disse Dan Basse, presidente da AgResource Co. de Chicago. "A demanda está crescendo rápido demais para permitir que a produção a acompanhe", acrescenta.

Os agricultores dos EUA preparam-se para semear sua menor área de soja dos últimos 10 anos. Entretanto, a demanda pela oleaginosa cresce, o que cria condições para duplicar o preço médio deste ano (US$ 5,98 o bushel). Isso deve permitir que a soja substitua o milho como a commodity agrícola mais rentável.

O prognóstico dos analistas brasileiros não é tão otimista. Para eles, o avanço da demanda deverá garantir um mercado firme e preços sustentáveis. Entretanto, observam com reservas os prognósticos otimistas de seus colegas americanos. Segundo acreditam, a expectativa os preços atingirem o pico dos últimos 30 anos é excessivamente ambiciosa. "Fica difícil fazer projeções de longo prazo no setor agrícola, porque existem as questões climáticas’’, disse o analista da AGRural, Fernando Muraro.

O diretor da Corretora Tetras, Renato Sayeg, tem opinião semelhante. Para ele, a projeção "é um palpite ousado’’. Apesar do avanço da demanda, Sayeg diz que os atuais estoques mundiais da soja são os maiores da história, em cerca de 55 milhões de toneladas.

O analista acrescenta que se a safra mundial da soja 2006/07 crescer mais de que 4% ou 5% os preços poderão até cair. "Acho que os preços podem até sofrer alteração para baixo antes de começar o processo de alta’’, acrescenta Sayeg.

Segundo Dam Basse, os consumidores devem sentir o impacto da alta dos preços, uma vez que as empresas de produtos alimentícios. O efeito da alta dos preços deve ser mundial, um a vez que a francesa Danone , ou a americana J. M. Smucker Co. vão certamente cobrar mais por todos os produtos, desde pasta de amendoim até pizza congelada, para compensar o aumento do custo do óleo de soja, disse John McMillin, analista do Prudential Equity Group Inc. , de Nova York.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink