MERCADO FÍSICO

Preço da soja segue estável no Brasil

Fundamentos apontam chuva no Centro-Oeste e seca no Sul
Por: -Leonardo Gottems
243 acessos

As cotações da soja tiveram na segunda-feira (27.11) um dia de preços mistos no mercado físico brasileiro, sem influência direta do movimento na Bolsa de Chicago (CBOT). Por exemplo, no interior do País, a saca de soja (60 quilos) foi vendida a R$ 53,73 em Sorriso (Mato Grosso) – o que significou alta de 0,06% sobre o valor oferecido na última avaliação.

Já no Porto de Paranaguá (Paraná), a saca de 60 quilos da oleaginosa disponível foi comercializada por R$ 74,00, o que representou manutenção sobre a última cotação. Todos os preços são FOB (Free On Board – contrato de exportação com custos de transporte interno incluso até o carregamento do navio).

FUNDAMENTOS

“Os mapas climáticos atualizados para esta semana trazem a permanência de uma padrão bastante úmido chegando no Centro do Brasil. A região de São Paulo, Minas Gerais, oeste da Bahia, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do sul serão favorecidos com índices pluviométricos acumulados de 25-100mm. Com os totais mais pesados sendo projetados para Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso do Sul”, aponta a Consultoria AgResource. 

Já para a região Sul do Brasil, de acordo com os mapas climáticos do Sistema de Previsão Global (GFS, do NOAA), as projeções não se mostram tão propícias ao desenvolvimento dos primeiros estágios da soja: “Especialmente no lado sul do Rio Grande do Sul, as chuvas têm se mostrado escassas desde meados de novembro, e parece não mudar nestes próximos 5 dias. Na Argentina, as chuvas também se concentram apenas no oeste do país, e totais pluviométricos expressivos não são observados para o centro e leste argentino, no mesmo período”.
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink