Carne

Preço de carne bovina sobe pela segunda semana seguida

Mercado de carne bovina sem osso acumula duas semanas seguidas de valorização
Por:
51 acessos

Pela primeira vez em 2018 o mercado de carne bovina sem osso acumula duas semanas seguidas de valorização. Isso fez as cotações superarem o patamar registrado em março, no mesmo período. Desde o começo do mês o preço do frango caiu 6%, enquanto a carne desossada achou, depois de semanas seguidas de desvalorização, espaço para subir. Isso pode indicar que a recomposição de renda da população está ajudando o mercado de carne bovina sentir o mínimo possível os impactos do frango “barato” no mercado interno.

A alta de preços da carne foi puxada pelos cortes de traseiro, produtos de valor agregado. É um bom sinal. Itens “mais baratos” são escoados com mais facilidade quando o estímulo ao consumo é menor. Aliás, embora na média geral as cotações estejam menores, cortes como filé mignon, maminha e picanha têm sido vendidos em patamares 5,0% superiores, em média, aos de um ano atrás. Aos poucos a melhora esperada para as vendas começa a dar os primeiros sinais de que pode estar ocorrendo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink