Agronegócio

Preço do boi no RS tem pequena queda

O mercado teve uma ligeira queda devido a maior oferta de animais em condições para abate
Por: -Redação
1 acessos

Do ponto de vista nutricional é bom o momento por que passa a pecuária de corte gaúcha. A totalidade dos técnicos que atuam no segmento é unânime em ressaltar a boa qualidade em que se encontra a pastagem em suas respectivas regiões. O incremento da capacidade de suporte e o bom estado geral do rebanho são conseqüências naturais dessa boa oferta de alimento. O preço do gado de reposição e das novilhas continua bem valorizado, devido à boa procura.

Já, o mercado do boi gordo manteve-se estabilizado e vem confirmando, em algumas praças, uma ligeira queda devido a maior oferta de animais em condições para abate. No mercado regional da região Central a liberação da entrada de carne com osso proveniente de outros estados, ocasionou uma queda no abate. Na avaliação dos técnicos, isto decorre da preferência do consumidor pela carne com osso, o que ocasiona uma diminuição do consumo de carne sem osso com conseqüente prejuízo aos abatedouros locais.

O aumento da umidade e da temperatura favorecem o aparecimento de ectoparasitos (bernes, bicheiras e carrapatos), um alerta para que se intensifique o seu controle, caso haja necessidade. Intensifica-se, no Estado, à vacinação dos animais contra a aftosa. As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink