Milho

Preço do milho no Brasil tem maior média do 2º semestre em outubro

O preço subiu 3,5 por cento frente à semana anterior, indo a 32,89 reais/saca --mesmo patamar nominal registrado em março de 2017.
Por: -José Roberto Gomes
130 acessos

Os preços do milho no mercado interno registraram em outubro a maior médio do segundo semestre deste ano, refletindo os grandes volumes de exportação e a perspectiva de redução na área plantada com o cereal de primeira safra, o chamado milho verão, disse o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) nesta sexta-feira. O Indicador ESALQ/BM&FBovespa do milho, calculado pelo centro de estudos e que tem como base os preços em Campinas (SP), alcançou média de 30,38 reais por saca no mês passado, 4,1 por cento superior à média de setembro, mas ainda assim 28 por cento abaixo da de igual período de 2016, quando uma severa quebra de safra sustentou as cotações.

O preço subiu 3,5 por cento frente à semana anterior, indo a 32,89 reais/saca --mesmo patamar nominal registrado em março de 2017. “O forte ritmo das exportações, aliado à perspectiva de redução de área de milho verão, tem mantido vendedores retraídos, na expectativa de preços maiores nas próximas semanas. Por outro lado, compradores se mostram mais flexíveis nas negociações, com o objetivo de repor estoques”, destacou o Cepea.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink