Preço do trigo inverte a mão e sobe

Agronegócio

Preço do trigo inverte a mão e sobe

Por:
1 acessos
Revertendo o quadro de estabilidade, com viés de baixa, os preços do trigo voltaram a subir no mercado interno, nas duas últimas semanas, sustentados pela menor pressão de oferta da Argentina. A cotação média da tonelada do trigo, no norte do Paraná, fechou a R$ 380, na sexta-feira, com valorização de 5,5% sobre o dia anterior. No Rio Grande do Sul, as cotações do trigo variavam entre R$ 330 e R$ 340 na sexta-feira, ante os R$ 320 do dia anterior, conforme a Safras & Mercado.


"A valorização dos preços internacionais do trigo neste mês, média de 15% [base Chicago], e a seca no Sul do Brasil também ajudam a dar suporte às cotações do trigo no mercado interno", afirmou Nelson Costa, superintendente-adjunto da Ocepar. Na bolsa de Kansas, os contratos de maio encerraram, na sexta-feira, a US$ 3,505 o bushel, alta de 11,75 centavos de dólar. Em Chicago, maio fechou a US$ 3,3325, ganho de 12 centavos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink