Preço favorece plantio de trigo

Agronegócio

Preço favorece plantio de trigo

Os preços recordes do trigo no mercado internacional podem influenciar um crescimento na próxima safra brasileira
Por:
66 acessos

Os preços recordes do trigo no mercado internacional podem influenciar um crescimento na próxima safra brasileira, mas ainda distante da auto-suficiência. Para a Safra & Mercado, as cotações devem se manter elevadas, mesmo diante das estimativas mundiais para o aumento do plantio na próxima temporada. De acordo com a previsão da consultoria, a produção nacional da temporada 2008/09 deve atingir em torno de 5 milhões de toneladas, um aumento de quase 25% em relação às cerca de 4 milhões previstas para a atual safra, que está em plena colheita.

"Não podemos esquecer da questão climática, mas se o cenário internacional continuar segurando os preços em níveis recordes é possível esperar uma produção acima de 5 milhões de toneladas na próxima safra", avalia o analista da consultoria, Élcio Bento. "Mesmo diante do dólar baixo, os preços são muito atrativos e devem motivar um ganho de área na próxima safra", complementa.

Porém, o otimismo não é generalizado. Para o analista da Agência Rural, Benedito de Oliveira, o crescimento da produção mundial vai depender do clima. "Os Estados Unidos por exemplo, reduziram bastante a safra neste ano por conta do milho e do clima. Eu acredito que em 2008 não será da mesma forma", avalia. Segundo ele, as condições climáticas devem ser melhores em 2008, beneficiando a lavoura, e derrubar as cotações. "Os preços devem cair em relação aos atuais se o clima for normal", pondera. Para Bento, a tendência é de alta para os preços, pois os estoques mundiais são os menores da história. Segundo a Safras, o ano comercial 2007/08 - iniciado em agosto - apresenta a melhor média de preço no Paraná, desde 1990, a R$ 602,00 por tonelada.

O analista da Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar), Flávio Turra, diz que o plantio deve migrar para o milho safrinha porque os produtores estão frustrados com a atual comercialização.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink