Preço mais baixo para grãos desde julho de 2007
CI
Agronegócio

Preço mais baixo para grãos desde julho de 2007

A expectativa de uma recessão econômica internacional, além do atual período de forte desconfiança dos investidores, faz com que a projeção da demanda internacional por produtos primários diminua, derrubando seus preços
Por:

A soja perdeu importante patamar de preço, situado acima de US$9,00/bushel, no último pregão do dia 14/10. O grão fechou cotado em US$8,96/bushel, menor preço registrado desde julho de 2007. O milho seguiu a mesma tendência, atingindo o menor preço desde agosto de 2007, cotado em US$4,12/bushel.

Os suportes oferecidos pelo preço do barril do petróleo já perderam importância, já que os preços desse combustível atingiram níveis em que a produção de biocombustível não se torna tão atrativa, ao menos do ponto de vista econômico. A expectativa de uma recessão econômica internacional, além do atual período de forte desconfiança dos investidores, faz com que a projeção da demanda internacional por produtos primários diminua, derrubando seus preços.

Internamente a forte desvalorização do real frente ao dólar sustenta “em parte” a cotação do grão. Os preços não oscilaram na mesma proporção que as cotações internacionais dos principais grãos, mesmo assim as cotações ficam “à deriva” da política cambial brasileira, tratando-se de um sério risco ao produtor rural.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.