Preço médio do frango exportado segue em (lenta) recuperação

Agronegócio

Preço médio do frango exportado segue em (lenta) recuperação

Já se registra um retorno aos valores praticados no início de 2008, algo que – até recentemente – era considerado inviável no curto prazo
Por:
230 acessos
Ainda que de maneira lenta, o preço médio da carne de frango in natura exportada pelo Brasil continua em recuperação – indicam os últimos dados da SECEX/MDIC.

Em julho último atingiu o valor de US$1.552,92 por tonelada embarcada, o que significou incrementos de 2,2% e de 22,2% sobre os preços registrados, respectivamente, no mês anterior (US$1.519,01/t em junho de 2009) e no pior momento da atual crise para o setor (cerca de US$1.270,00/t em fevereiro e março de 2009). Além disso, já se registra um retorno aos valores praticados no início de 2008, algo que – até recentemente – era considerado inviável no curto prazo.

É verdade que, por outro lado, o atual preço corresponde a pouco mais de três quartos do valor alcançado no terceiro trimestre do ano passado (média de US$1.989,98/t entre julho e setembro/09). É preciso considerar, no entanto, que à época os preços das commodities em geral se encontravam artificializados. Uma prova disso em relação ao frango é que os preços então alcançados (os maiores em todos os tempos) foram quase 80% superiores à média registrada entre 2000 e 2007 (US$1.115/t, valor apontado pela ABEF para a média do frango inteiro, cortes de frango, industrializados de frango e carne de frango salgada).
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink