Preços agrícolas caem 1,78% no Estado de SP

Agronegócio

Preços agrícolas caem 1,78% no Estado de SP

Verificam-se patamares de preços ainda altos para a maioria dos produtos
Por:
1112 acessos
Os preços das carnes pressionaram o Índice Quadrissemanal de Preços Recebidos pela Agropecuária Paulista ( IqPR), que caiu 1,78% na terceira quadrissemana de junho, de acordo com o Instituto de Economia Agrícola (IEA/Apta). A maior queda foi no índice de preços dos produtos de origem animal (recuo de 2,92%), já que o índice de preços dos produtos de origem vegetal apresentou variação negativa de 1,32%.


A convergência de todos os indicadores de preços para baixo parece revelar que cessaram as pressões inflacionárias dos preços agropecuários, dizem os pesquisadores Luis Henrique Perez, Danton Leonel de Camargo Bini, Eder Pinatti, José Alberto Angelo e José Sidnei Gonçalves. "De qualquer modo, verificam-se patamares de preços ainda altos para a maioria dos produtos."


Os movimentos dos preços, em especial daqueles cuja formação tem contribuição relevante do mercado internacional, passam a refletir as entradas e saídas de capital das bolsas de mercadorias, impactadas pela crise grega que pode se alastrar pelo continente europeu, segundo observam os analistas do IEA.


Dos produtos pesquisados, oito apresentaram alta nos preços (seis de origem vegetal e dois de origem animal), enquanto 12 apresentaram queda (oito de origem vegetal e quatro de origem animal). As quedas mais expressivas ocorreram nos preços da batata (25,51%); da carne suína (17,16%); do algodão (15,45%); da laranja para mesa (13,16%); do amendoim (5,07%) e da carne de frango. O pico da safra da seca de batata, este mês, despejou no mercado enorme quantidade do produto que é bastante perecível, desvirtuando os efeitos da sazonalidade, o que diminuiu os preços recebidos pelos produtores.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink