Preços agrícolas despencam

Agronegócio

Preços agrícolas despencam

Às vésperas do plantio da safra de verão, o cenário de preços não é dos mais animadores
332 acessos

Às vésperas do plantio da safra de verão, o cenário de preços não é dos mais animadores. Em agosto, as cotações da soja, milho e algodão registraram forte queda, assim como as do bezerro, boi e café. Dos preços acompanhados pelo Cepea/Esalq, só o açúcar subiu.

AÇÚCAR SOBE 92% NO ANO
A saca de açúcar no mercado interno fechou o mês a US$ 27,35, com alta de 19,28% em agosto. No ano, ganhou 92,74%. A explicação é a escassez de produto no mercado, por causa da quebra na safra indiana. Hoje foi cotada a US$ 27,26 pela Esalq.

QUEDA EM NY
O preço do açúcar finalmente caiu no mercado futuro internacional. Em Nova York, os contratos do demerara recuaram para 24,24 cents de dólar por libra-peso no vencimento outubro, mas em Londres os preços continuaram aquecidos. O contrato do açúcar refinado para outubro encerrou o dia a US$ 582,50 a tonelada, ganho de US$ 9,40.

BALANÇO DA SOJA
O produto que mais caiu em agosto foi a soja em Paranaguá. Ontem, a saca era cotada a US$ 26,37. No mês, a soja caiu 5,33%, embora no ano tenha acumulado alta de 26,88%.

ALTA PRODUÇÃO
As perspectivas para a soja, porém, não são das mais favoráveis. Os EUA devem colher uma grande safra, e as estimativas para o Brasil e a Argentina também apontam para aumento da produção. O resultado pode ser excesso de soja e queda dos preços.

BAIXA EM CHICAGO
Foi o que aconteceu hoje na bolsa de Chicago, onde os contratos futuros para novembro caíram 24 cents, para US$ 9,5550 o bushel.

MILHO PERDE 9,39%
Os preços do milho também caíram hoje em Chicago. Os contratos para dezembro, os mais negociados, foram cotados a US$ 3,1925 o bushel, com queda de 10,50 cents. No mercado interno, o milho fechou o mês de agosto com queda de 1,93%, segundo a Esalq. No ano, a perda é de 9,39%. Hoje na BM&FBOVESPA, o milho fechou praticamente estável, a R$ 19,45 a saca no vencimento setembro.

MENOS SUÍNO
As exportações de carne suína em agosto somaram 39,9 mil toneladas, de acordo com os números divulgados hoje pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Este resultado é 5% inferior ao obtido em agosto de 2008, quando foram embarcadas 42,1 mil toneladas. Pelas projeções da Associação Brasileira da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína, as vendas externas este ano devem ficar ao redor de 600 mil toneladas, o mesmo volume de 2008.

BOI A R$ 77,45/@
O boi gordo caiu para R$ 77,45 a arroba na BM&FBOVESPA. No mercado físico, desde janeiro, o boi perdeu 10,93%. O bezerro, negociado hoje a R$ 600, teve desvalorização de 2,14% em agosto e de 5,86% no ano.

CAFÉ AMARGO
Os contratos futuros do café arábica caíram hoje para 120,10 cents de dólar por libra-peso no vencimento dezembro. Em Londres, o robusta fechou com pequena alta de US$ 1 no vencimento setembro, enquanto o contrato para novembro caiu US$ 2, para US$ 1.409 a tonelada. Na BM&FBOVESPA, a saca de arábica foi cotada a US$ 142,05 para dezembro.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink