Preços do café arábica sobem 15% em 30 dias

Agronegócio

Preços do café arábica sobem 15% em 30 dias

Por:
1 acessos

Quem apostou que os preços do café recuariam depois da alta registrada em novembro, perdeu dinheiro no mercado futuro. Nos últimos 30 dias, as cotações do grão, na Bolsa de Nova York acumulam alta de 15% na Coffee, Sugar and Cocoa Exchange (CSCE). Os preços atingiram o maior patamar desde julho de 2000.

Ontem, as cotações voltaram a subir. Os contratos com vencimento em março fecharam a expressivos 106,80 centavos de dólar por libra-preso, uma alta de 2,4% em comparação com o pregão da última sexta-feira. "A partir de agora estamos em um estágio em que as pessoas que estavam vendidas começam a sofrer, já que não existe nenhum fator que indique uma retração dos preços", afirma Rodrigo Costa, operador da Fimat Futures, de Nova York.

Segundo o operador, o mercado ficou com uma oferta de vendas muito pequena, porque muitos países produtores fixaram seus preços na bolsa quando as cotações tiveram um pico em novembro. "As origens recuaram. O que elas tinham para vender já foi vendido e agora os produtores estão segurando o café", afirma Costa.

Queda do dólar:

Outro motivo que tem deixado os produtores ainda mais longe do mercado é a recente valorização do real. Ontem, novamente, a moeda brasileira voltou a se valorizar diante do dólar americano. "Com isso, o produto brasileiro, por exemplo, fica menos competitivo e afasta ainda mais os exportadores", diz o operador.

E ao que tudo indica, não há previsão de que os preços parem de subir. A tendência permanece sendo de alta, principalmente porque a oferta e a demanda pelo grão será apertada pelos próximos três anos, na opinião de Eduardo Carvalhaes, diretor do Escritório Carvalhaes.

"As exportações estão atingindo 25 milhões de sacas sem fazer força e a demanda no mercado interno brasileiro também está crescendo, o que deixa a oferta e a demanda apertada", diz Carvalhaes.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink