Preços do frango vivo acumulam queda em abril
CI
Agronegócio

Preços do frango vivo acumulam queda em abril

Informou o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada
Por:
Os preços do frango vivo continuam em forte desvalorização no mercado brasileiro, acumulando uma queda de mais de 20 por cento em abril em São Paulo, reduzindo ainda mais o poder de compra do avicultor paulista, informou o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) nesta quinta-feira.

Segundo o centro de pesquisas, as sucessivas quedas no preço refletem uma oferta superior à demanda pela carnes, o que impacta também no segmento anterior na cadeia, o de frango vivo, e no poder de compra do avicultor, que já recuou mais de 20 por cento frente ao farelo de soja em abril.

Nesta semana, as cotações do frango estão ainda mais pressionadas por conta de uma menor liquidez, tradicional no fim do mês, acrescentou.

Desde o final de março, a desvalorização do frango vivo já passa de 20 por cento em todas as regiões do Estado de São Paulo pesquisadas pelo Cepea. Na Grande São Paulo, o quilo do animal vivo chegou a 1,97 real na quarta-feira.

O frango congelado, por sua vez, já desvalorizou 13,3 por cento no acumulado de abril, com a média em 3,21 reais por kg. Na Grande São Paulo, a carne congelada chegou a 10,6 por cento de baixa ao longo do mês.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.