Preços do milho subiram em agosto, mas iniciaram setembro em queda
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Marcel Oliveira

MILHO

Preços do milho subiram em agosto, mas iniciaram setembro em queda

Os preços do milho dispararam no mercado brasileiro em agosto
Por:
855 acessos

Os preços do milho dispararam no mercado brasileiro em agosto. Segundo levantamento da Scot Consultoria, na região de Campinas-SP, a referência ficou em R$65,00 por saca de 60 quilos, sem o frete (31/8). Houve alta de 27,5% em relação ao fechamento de julho deste ano e, na comparação com agosto do ano passado, o milho estava custando 69,9% mais este ano.

A demanda interna firme e as exportações aquecidas, favorecidas pelo câmbio, foram os principais fatores de alta nas cotações no mercado brasileiro. Para o curto e médio prazo (setembro), a expectativa é de que a procura pelo cereal continue aquecida, no entanto, o câmbio caindo impacta negativamente sobre as exportações e, consequentemente, os preços em reais.

Destacamos os recuos nos preços do milho no mercado interno nos primeiros dias de setembro, com a queda mais forte do dólar e ritmo mais fraco dos embarques. A referência em Campinas-SP caiu para R$57,00 por saca de 60kg no dia 4/9.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink