Preços do trigo podem reagir no mercado interno

Agronegócio

Preços do trigo podem reagir no mercado interno

Por:
1 acessos
Os instrumentos de comercialização usados pelo Ministério da Agricultura para tentar evitar novas quedas nos preços do trigo ainda não surtiram efeito, mas a expectativa é de que o quadro mude. Na sexta-feira, a Conab fez leilão de PEP (Prêmio de Escoamento de Produto) para 140 mil toneladas de trigo - 120 mil do Rio Grande do Sul e 20 mil do Paraná. Houve interesse para 92,2 mil, que serão escoadas para o Norte e Nordeste.


O resultado do leilão animou o secretário de Política Agrícola, Ivan Wedekin, que espera que os preços reajam "nos próximos dias", já que o PEP permitirá a retirada de trigo do mercado.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink