Preços globais de alimentos sobem pelo 3º mês consecutivo
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Pixabay

MUNDO

Preços globais de alimentos sobem pelo 3º mês consecutivo

O Índice de Preços de Cereais da FAO subiu 1,9% em relação a julho
Por: -Leonardo Gottems
68 acessos

A demanda mais forte e o dólar americano enfraquecido aumentaram os preços globais dos alimentos em agosto, de acordo com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). O Índice de Preços de Alimentos da FAO, que acompanha os preços internacionais das commodities alimentares mais comercializadas, teve média de 96,1 pontos em agosto, 2% a mais que no mês anterior e atingindo seu nível mais alto desde fevereiro de 2020. 

O Índice de Preços de Cereais da FAO subiu 1,9% em relação a julho, uma média de 7% acima de seu valor em agosto de 2019. O aumento foi liderado pelos grãos grossos. Os preços do sorgo também aumentaram com o salto na demanda da China. Os danos da tempestade de vento que atingiu Iowa no início de agosto empurraram os preços do milho para cima 2,2%. Os preços do arroz aumentaram devido a um aumento na demanda dos países africanos e diminuição da oferta. 

A FAO reduziu sua previsão de produção mundial de cereais com base na expectativa de menor produção de milho dos Estados Unidos. Apesar da previsão reduzida, a FAO prevê que a produção global de cereais totalizará 2,765 bilhões de toneladas em 2020, 58 milhões de toneladas acima de 2019. 

A FAO espera que os estoques globais de cereais aumentem 1,7%, para 895,5 milhões de toneladas, até o final das safras de 2021. “Traduzindo para uma proporção mundial de estoques / consumo de cereais de 31,8%, ligeiramente abaixo de julho, mas ainda relativamente alta de uma perspectiva histórica”, disse a FAO. 

O comércio mundial de cereais para 2020-21 está previsto em 441,4 milhões de toneladas, 1,6% acima de 2019-21 devido aos embarques maiores de arroz e grãos grossos previstos, disse a FAO. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink