Prefeito de Luís Eduardo Magalhães defende melhorias em pesquisas para produção de algodão na BA
CI
Agronegócio

Prefeito de Luís Eduardo Magalhães defende melhorias em pesquisas para produção de algodão na BA

Prefeito sugere instalação de uma unidade da Embrapa na região
Por:

O prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Humberto Santa Cruz, participou do maior evento técnico da cotonicultura do Estado da Bahia, o Dia de Campo do Algodão, realizado pela Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Fundação BA, Embrapa Algodão, com apoio do Fundeagro.

O dia de campo aconteceu na área experimental da Fundação BA, apêndice do Programa Melhoramento do Algodão da região oeste, pareceria entre Fundação Bahia e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O evento ocorreu neste sábado (28.06). 

Em conversa com o presidente da Fundação BA, Ademar Antônio Marçal, Humberto Santa Cruz falou sobre a qualidade do algodão produzido no Cerrado baiano e as perspectivas para investimentos na área genética e logística.

Para Marçal, Luis Eduardo Magalhães é referência nacional em cotonicultura e para isso a Fundação BA está evoluindo constantemente, tanto na organização da cadeia produtiva, quanto na adoção de sistemas de produção eficientes e sustentáveis. Humberto Santa Cruz que também é presidente da União dos Municípios do Oeste da Bahia (Umob) relata que é essencial essa dinâmica de pesquisa e expansão técnica na agropecuária da região.

“Precisamos de uma Unidade da Embrapa em Luís Eduardo Magalhães, a Fundação Bahia é uma grande parceira nesta luta principalmente pelo que tem mostrado em campo especialmente com soluções e inovações a partir de melhoramentos genéticos” destacou o prefeito, lembrando que o presidente da Embrapa, Márcio Lopes, já foi comunicado sobre essa necessidade e sabe que a região Oeste é um dos principais polos agropecuários do Brasil.

Em ofício, a Embrapa respondeu que está estudando uma maneira de viabilizar a implantação desta unidade na região através de parcerias com organizações locais (Abapa, Aiba, Abrapa, Fundação BA) e pesquisadores da própria entidade. A entidade reforça que já há uma intensificação nas relações entre as partes e um fortalecimento das atividades da Embrapa no Cerrado baiano.

Durante o dia de Campo o prefeito também esteve reunido com diversas lideranças da cotonicultura local.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink